sexta-feira, 2 de maio de 2014

Amadurecer

O amadurecimento nos permite uma criteriosa autoavaliação. É um processo paulatinamente que precisa ser revisto e entendido. “autós“ vem do grego, quer dizer ‘de si mesmo.‘ O amadurecimento pessoal vem por intermédio de uma autoavaliação, faz com que a própria pessoa tenha um olhar profundo e sério sobre suas atitudes e comportamentos. “A identidade não se perde em contato com o outro, mas se enriquece. Pois somos a soma de quem conhecemos e vivemos, as quais aprendemos.“ Cada um traz sobre nós uma carga de informações, adquirida talvez na escola, na família ou até entre amigos. Isso pode ser bons-hábitos/ mal-hábitos, valores, princípios, crenças e convicções. Tudo isso forma de fato algo que chamamos de identidade. Mas existes momentos, que somente nós podemos fazer uma análise pessoal acerca de si mesmo. Autoavaliar-se não é resumido em apontar os próprios defeitos. Entretanto a autoavaliação nos remete ao sentido da verdadeira máxima socrática: “Conhece-te a ti mesmo! “

2 comentários:

  1. Deixo aqui meu registro: Sabe aquele afirmação "És um poeta"? Pode encaixá-la aqui também. Em cada texto seu sinto-me como se estivesse em casa, é uma primazia lê-los ao passo que os posso vivenciá-los.
    "Pois somos a soma de quem conhecemos e vivemos, as quais aprendemos"...logo me faz lembrar Bauman, que dizia que algumas realidades são diferentes de outras, a partir daquilo que se viveu e aprendeu. Então, se tivesse vivido em décadas passadas certamente não seria a mesma, minha ideia de felicidade faria parte de outro contexto. É fantástico, portanto, quando pode-se perceber o quanto amadurecemos, percebemos também que se passou o tempo, a época, parte da vida, as fases, as construções, as conquistas, a evolução, que se viveu o suficiente, que valeu a pena cada instante. Para então, perceber que não apenas se existiu, mas se viveu. Penso que podemos dizer então que o amadurecimento nada mais é do que a melhor forma de provar que estamos vivos. Em meio essa vida, é eloquente afirmar "conhece-te a ti mesmo", uma vez que só aquele que se conhece por inteiro consegue chegar a definir sua felicidade, assim, afirmo ainda que timidamente, que não existe um segredo para alcança-la, só o conhecedor de si poderá encontrar meios de defini-lá, ao passo que seu intuito será vivencia-lá e fazer dela seu ponto crucial de amadurecimento.

    ResponderExcluir